Glossário do ReRelEM

O ReRelEM foi uma tarefa criada no âmbito do Segundo HAREM (Mota & Santos, 2008) com o objetivo de incentivar sistemas a reconhecerem relações semânticas entre as entidades mencionadas (EM) do HAREM. Durante a tarefa, os sistemas tiveram que identificar e classificar relações semânticas em 12 documentos. Agora, anotamos as relações entre EM em todos os 129 documentos da CD do Segundo HAREM, o que levou à criação de uma nova CD do Segundo HAREM.

Descrevemos a seguir todas as relações consideradas. Convém notar que não tentámos ser exaustivos em relação às relações inversas, ou seja, é possível que algumas relações listadas e usadas sejam passíveis de ter uma inversa, mas não nos surgiu essa necessidade durante a anotação e interpretação dos textos. Pelo contrário, e no caso das relações para as quais considerámos e utilizámos uma relação que considerámos como inversa, é muito fácil converter todos esses casos em apenas um caso, invertendo a ordem dos argumentos.

  • autor_de / obra_de
  • causador_de
  • data_morte
  • data_nascimento
  • datado_de / data_de
  • ident
  • inclui / incluido
  • local_morte
  • localizado_em / localizacao_de
  • natural_de / local_nascimento_de
  • nome_de / nomeado_por
  • ocorre_em / sede_de
  • outra_edicao
  • outrarel
  • participante_em / ter_participacao_de
  • periodo_vida
  • personagem_de
  • praticado_em / pratica_se / praticante_de / praticado_por
  • produtor_de / produzido_por
  • proprietario_de / propriedade_de
  • relacao_familiar
  • relacao_profissional
  • residente_em / residencia_de
  • vinculo_inst
  •  

    autor_de / obra_de

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ou ORGANIZACAO ] e [ OBRA ]

    A relação vincula um autor e sua obra (livro, filme, música, peça de teatro...). Além de autoria, a relacao pode também expreessar a ideia de "promulgação" quando ocorre entre uma ORGANIZACAO e uma OBRA. Lembramos que a relação diz respeito exclusivamente à autoria - ou promulgação - , e as demais pessoas envolvidas em uma OBRA são caracterizadas como “produtor_de” (editores, por exemplo).

        Exemplos:

     

    causador_de

    CATEGs envolvidas: [ COISA OBJETO ] e [ ABSTRACCAO ESTADO ]

    A relação vincula doenças (ABSTRACCAO ESTADO) e seus causadores (insetos, vermes etc), classificados como COISA.

        Exemplo:

     

    data_morte

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA]  e [ TEMPO ]

    A relação vincula uma pessoa e a data de sua morte.

     

        Exemplo:

    Antônio HouaissPESSOA ,nascido no Rio de Janeiro a 15 de outubro de 1915 e, nesta mesma cidade, falecido a 7 de março de 1999TEMPO

    Antônio Houaiss DATA_MORTE 7 de março de 1999

     

    data_nascimento

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA]  e [ TEMPO ]

    A relação vincula uma pessoa e a data de seu nascimento.

               

        Exemplo:

    Às três horas e vinte minutos da tarde de 13 de Junho de 1888TEMPO nascia em Lisboa, capital portuguesa, Fernando PessoaPESSOA

    Fernando Pessoa DATA_NASCIMENTO da tarde de 13 de Junho de 1888

     datado_de / data_de

    CATEGs envolvidas: [OBRA ou ACONTECIMENTO ou ORGANIZACAO ] e [ TEMPO ]

    A relação vincula datas “fundacionais” ouinaugurais” – por exemplo, estréias, inaugurações, fundações – e obras (livros, filmes, peças de teatro etc ) ou organizações. Expressa, também, a data de acontecimentos como shows, batalhas, efemérides.

     

        Exemplos:

    1. Com um grande concerto realizado ao ar livre, na Praça do Museu, no dia 21 de Março de 1993TEMPO, o CCBORGANIZACAO iniciava, há quinze anos, sua actividade ...

    no dia 21 de Março de 1993 DATA_DE CCB

    2. Documentou a Revolta da ArmadaACONTECIMENTO (1893/94TEMPO)

    1893/94 DATA_DE Revolta da Armada

    3. eram temas fortíssimos que foram passando de cassete em cassete e eram entoados em coro nos concertos muito antes do lançamento do álbum "CensuradosOBRA" de 1990TEMPO.

    1990 DATA_DE Censurados

     

    ident

     

    CATEGs envolvidas: TODAS, desde que da mesma categoria

    A relação de identidade é a relação clássica de correferência. Pode ocorrer também entre itens lexicais distintos, desde que se refiram `a mesma entidade. Por outro lado, a igualdade entre itens lexicais não garante, por si , a identidade, visto que pode se tratar de entidades com referentes diferentes.

        Exemplos:

    1. Forças Nacionais Destacadas no AfeganistãoPESSOA

    (...) Forças Nacionais Destacadas em CabulPESSOA

    Forças Nacionais Destacadas no Afeganistão IDENT Forças Nacionais Destacadas em Cabul

    2. o Banco Central EuropeuORGANIZACAO (   BCEORGANIZACAO )

    Banco Central Europeu IDENT BCE

    Não consideramos a existência de uma relação de identidade entre, por exemplo, as ocorrências de Said Ali, abaixo :

    3. Depois de um primeiro momento de visão panorâmica, surgem os estudos especiais de autor M. Said AliOBRA (de Evanildo Bechara) ...

    ... acerca da obra de M. Said AliPESSOA

     inclui / incluido

    CATEGs envolvidas: TODAS, desde que da mesma categoria

    Trata-se de uma relação bastante abrangente, que tem como única exigência a igualdade de categorias entre as EM envolvidas. 

        Exemplos:

    1. RonaldoPESSOA volta a treinar com bola no MilanPESSOA

    Milan INCLUI Ronaldo

    2. utilizada desde antes de 7000 a.C. em MehrgarhLOCAL na ÍndiaLOCAL

    India INCLUI Mehrgarh

    3. CCB 15 AnosACONTECIMENTO será também o ciclo de piano Beethoven 2008ACONTECIMENTO

    Beethoven 2008 INCLUIDO CCB 15 Anos

    4. A AACORGANIZACAO é dirigida pela Direcção GeralORGANIZACAO

    Direcção Geral INCLUI AAC

    Embora seja uma opção discutível, marcamos igualmente como inclusão uma relação de “afinidadeentre instituições, como entre o “Museu Histórico Nacional” (ORGANIZACAO) e a “Associação de Amigos do Museu Histórico Nacional” (ORGANIZACAO).

    É importante lembrar que não interferência dos TIPOS, basta haver igualdade entre CATEG:

    5. , situados perto do rio EufratesLOCAL FISICO no baixo IraqueLOCAL HUMANO 

    Iraque INCLUI Eufrates

     

    local_morte

    CATEGs envolvidas: [PESSOA] e [LOCAL]

    A relação vincula uma pessoa e o local de sua morte.

     

        Exemplo:

    CapaPESSOA era de uma coragem à prova de bala a trabalhar no cenário de guerra.

        Fotografou por dentro a  Guerra Civil espanhola, sempre pelo lado republicano, estava no Dia D na Normandia e acabou por morrer ao pisar uma mina na IndochinaLOCAL

    Indochina LOCAL_MORTE Capa

    localizado_em / localizacao_de

    CATEGs envolvidas: [ OBRA ] e [ LOCAL ]

    A relação expressa a ideia – bastante geral – de localização, mas é usada apenas quando tem como argumentos uma OBRA e um LOCAL. Os outros casos de localização são expressos pela relação ocorre em / sede_de     

        Exemplo:

    ... a sudoeste de LisboaLOCAL. (...) A recém construída Casa da ÓperaOBRA , ...

    Lisboa LOCALIZACAO_DE Casa da Ópera

    natural_de / local_nascimento_de

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e [ LOCAL ]

    A relação vincula uma pessoa (ou grupo de pessoas) ao seu local de nascimento. A relação entre uma EM do tipo PESSOA POVO e LOCAL também é expressa por natural_de/local_nascimento_de

        Exemplos:

    1. O PRESIDENTE SarkozyPESSOA abriu a Conferência de Dadores realizada em ParisLOCAL

    Paris LOCAL_NASCIMENTO_DE PRESIDENTE Sarkozy

    2. nascia em Lisboa, capital portuguesa, Fernando PessoaPESSOA. O parto ocorreu no quarto andar esquerdo do nº 4 do Largo de São CarlosLOCAL

    Largo de São Carlos LOCAL_NASCIMENTO_DE Fernando Pessoa

    nome_de / nomeado_por

     

    CATEGs envolvidas: [ABSTRACCAO NOME ou qualquer CATEG] e [qualquer CATEG]

    Esta relação pode aparecer de duas maneiras:

     

    a) A relação vincula uma EM caracterizada como um objeto lingüísticoum nome – e qualquer EM relacionada a esse nome. Assim, sempre que ocorrer entre uma EM que é ABSTRACCAO NOME, a relação é expressa como "nome_de_nomedarelacao":

     

        Exemplos:

    1. a participar nas embarcações do seu irmão, o DuquePESSOA , conhecido também como o Pirata EspanholABSTRACCAO

    Pirata Espanhol NOME_DE_IDENT Duque

    2. , o novo pátio recebeu o nome de Gustavo BarrosoABSTRACCAO, numa homenagem ao fundador e primeiro diretor do Museu Histórico NacionalORGANIZACAO

    Museu Histórico Nacional NOME_DE_VINCULO_INST Gustavo Barroso

    b) A relação também vincula EM de quaisquer categorias, desde que a relação seja decorrência da mediação feita pelonome” propriamente. Nesses casos, a relação é expressa apenas como "nome_de".

     

        Exemplos:

    4. Aquarelas de Sophia JobimPESSOA

    (...) Quem pesquisa a indumentária civil e militar não pode deixar de consultar as coleções Sophia Magno de CarvalhoCOISA e ...

    Sophia Magno de Carvalho NOMEADO_POR Sophia Jobim

    5. A doença de ChagasABSTRACCAO ou tripanosomíase americana foi descoberta pelo médico sanitarista Carlos Justiniano Ribeiro das ChagasPESSOA

    Carlos Ribeiro Justiniano Chaves NOME_DE Doença de Chagas

    ocorre_em / sede_de

    CATEGs envolvidas: [ LOCAL] e [ ACONTECIMENTO ou ORGANIZACAO ou ABSTRACCAO ESTADO (doenças) ou COISA]

    Durante a tarefa ReRelEM do Segundo HAREM, a relação ocorreu apenas entre LOCAL e ORGANIZACAO ou ACONTECIMENTO, indicando a localização geográfica de organizações e acontecimentos.

        Exemplos:

    1. Lisboa-Dakar'2008ACONTECIMENTO começa ....

    (...) LisboaLOCAL e PortimãoLOCAL deverão receber as primeiras especiais,

    Lisboa SEDE_DE Lisboa-Dakar'2008

    Portimão SEDE_DE Lisboa-Dakar'2008

    2. Juventude em DurbanLOCAL...

    (...) Em 1889 ingressa na Durban High SchoolORGANIZACAO   

    Durban SEDE_DE Durban High School

    No entanto, a ampliação das categorias envolvidas dá conta de outros tipos de relações que expressam a mesma idéia:

     

    a) a relação entre LOCAL e ABSTRACCAO ESTADO expressa a ocorrência de uma doença em um local:

     

        Exemplo:

    3.  A doença de ChagasABSTRACCAO é uma infecção transmissível causada por um parasita que circula no sangue e ataca o coração, bem como órgãos do aparelho digestivo (esôfago e intestino). Sua transmissão exige a participação de um vetor, o triatomíneo conhecido pelo nome de barbeiro, fincão, chupança entre outras dependendo da região. É uma doença do continente americano (sul dos Estados UnidosLOCAL até a ArgentinaLOCAL)

    Estados Unidos SEDE_DE Doença de Chagas

    Argentina SEDE_DE Doença de Chagas

    b) a relação entre LOCAL e COISA expressa a ocorrência de um animal (verme, virus, parasita etc) em um local: 

     

        Exemplo:

    4. no norte da ArgentinaLOCAL encontra-se outra espécie T. rubrovariaCOISA , tipicamente silvestre ...

    T. rubrovaria OCORRE_EM Argentina

    Estamos cientes de que a relação expressa por ocorre_em/sede_de poderia ser aglutinada na relação de localização. De fato, ocorre_em/sede_de é uma relação de localização, desta apenas devido aos argumentos envolvidos. No entanto, por ser a relação ocorre_em/sede_de uma relaçãoprimária” do ReRelEM, isto é, não se trata de uma relação originalmente derivada de outrarel, optamos por manter a nomenclatura usada no Segundo HAREM.

    outra_edicao

     

    CATEGs envolvidas: [ ACONTECIMENTO ] e [ ACONTECIMENTO ]

    A relação vincula diferentes edições de um mesmo acontecimento, como congressos.

        Exemplo:

    Tais projetos de formação envolverão professores do segundo ciclo do ensino fundamental (5ª a 8ª séries), de escolas públicas que participaram do processo da II Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio AmbienteACONTECIMENTO;

    (...), a partir da realização da I Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio AmbienteACONTECIMENTO

    I Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente OUTRA_EDICAO II Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente

    outrarel

    CATEGs envolvidas: TODAS;

                                    [ OUTRO ] e qualquer CATEG

    A relação outrarel ocorre em dois contextos:

     

    a) um dos argumentos da relação é da categoria OUTRO:

     

        Exemplo:

    1. Com que Prémio NobelOUTRO é que Seamus HeaneyPESSOA foi galardoado?

    Seamus Heaney OUTRAREL Prémio Nobel

    b) casos em que consideramos relevante anotar a presença de um vínculo semântico entre as EM, ainda que tal vínculo não fosse geral ou relevante o suficiente a ponto de receber uma especificação própria. Foram marcados como relações do tipo outrarel, por exemplo:

    1.      a relação entre um intérprete de uma OBRA e a obra (em oposição ao autor da obra e a obra, em que  temos a relação de autoria anotada);

    2.      a relação entre PESSOAS que não se caracteriza como inclusão ou identidade, mas antes uma relação de “afinidade”;

    3.      a relação entre uma PESSOA e o LOCAL por eladescoberto”, que aparece freqüentemente em documentos enciclopédicos/históricos;

    4.      relações que envolvem alguma EM do tipo OUTRO;

    5.      a relação entre um objeto (“Iphone”), sua capacidade (“8 gigabytes”/ “4 GB”) e seu preço (“600 dólares”/ “cerca de 500 dólares”)

    6.      relação entre um ACONTECIMENTO (Terremoto) e o seu TEMPO de duração;

    7.      a relação de sátira ou aproximação entre personagensFlash Gordon”e “Flesh Garden”; Hamlet e Xangô

    8.      a relação entre PESSOA/personagem (Percussionista/ Rabequeiro); e os instrumentos COISA OBJECTO tocados (Rabeca, Pandeiro...)

    9.      a relação entre uma palavra (Ku) e a língua a que pertence (Kimbundo)

    10.  a relação de “evoluçãoentre ritmos musicais (“Kabetula deu origem ao Kabetula; Kaduke, espécie de Kuduro praticado em...”)

    11.  a relação entre um ator (PESSOA) e o personagem representado pelo ator (PESSOA)

    12.  a relação entre uma PESSOA e o curso (ABSTRACAO DISCIPLINA) que fez.

    13.  a relação entre uma PESSOA e o tema de uma palestra que proferiu (ABSTRACAO DISCIPLINA). Como o “temanão é uma OBRA, não é possível a relação de autoria...

    14.  a relação entre uma ORGANIZACAO e um curso ou área de atuação (ambos ABSTRACCAO) oferecido pela ORGANIZACAO.

    participante_em / ter_participacao_de

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e [ OBRA ou ACONTECIMENTO ]

     

    A relação expressa a ideia de participação entre uma pessoaque não o autor – e obras (filmes, peças, músicas etc) ou acontecimentos. Quando um dos argumentos é ACONTECIMENTO, a relação frequentemente se refere à participação de atletas em competições, por exemplo.

        Exemplos:

    1. «Call girl»OBRA estreia hoje (...). Soraia ChavesPESSOA veste a pele de mulher fatal e no papel do autarca corrompido está Nicolau BreynerPESSOA

    Soraia Chaves PARTICIPANTE_EM Call Girl

    Nicolau Breyner PARTICIPANTE_EM Call Girl

    2. US OpenACONTECIMENTO: FedererPESSOA campeão

    Federer PARTICIPANTE_EM US Open

    periodo_vida

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e  [ TEMPO ]

     

    A relação vincula uma pessoa e o período em que viveu.

        Exemplo:

    Dita RianPESSOA (1886-1981TEMPO )

    1886-1981 PERIODO_VIDA Rian

     

    personagem_de        

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e  [ OBRA ]

     

    A relação vincula personagens às obras que os apresentam.

        Exemplo:

    Inclua-se na lista sua obra prima Tintim no TibeteOBRA, na qual o jovem repórter embrenha-se pelas montanhas geladas na tentativa de encontrar ChangPESSOA, seu amigo chinês, único sobrevivente de um acidente de avião.

    Chang PERSONAGEM_DE Tintim no Tibete

     praticado_em / pratica_se

        praticante_de / praticado_por         

     

    CATEGs envolvidas: [ ABSTRACCAO DISCIPLINA ou COISA ] e [ LOCAL ou PESSOA ou ACONTECIMENTO ]

    A relação vincula abstrações como áreas do saber, estilos musicais e modalidades esportivas, por exemplo,  e

    i)  os locais ou acontecimentos em que tais abstrações são praticadas à pratica_se / praticado_em

    ii) as pessoas que praticam ou exercem tais abstrações à praticante_de / praticado_por

        Exemplos:

    1.Luís CorreiaPESSOA domina concorrência (...)

    (...) na 2ª jornada do Campeonato Nacional de MotocrossACONTECIMENTO foram muitos os espectadores que resolveram ver o espectáculo do MotocrossABSTRACCAO

    Motocross PRATICADO_POR Correia

    Motocross PRATICADO_EM Campeonato Nacional de Motocross

    2. Passos e gestos de Break DanceABSTRACCAO, fundidos a movimentos de uma ou mais danças tradicionais, tribais mesmo em muitos casos, existentes na cultura local.

    Alguém parou para pensar que na violenta e exuberante expressão coreográfica de uma multidão de jovens favelados doRio  , muitos deles portando fuzis automáticos como se fossem lanças, existem passos completamente estranhos ao novaiorquino repertório de movimentos de break original, de, entre outros,

    James BrownPESSOA e Michael JacksonPESSOA?

    James Brown PRATICANTE_DE Break Dance

    Michael Jackson PRATICANTE_DE Break Dance

    produtor_de / produzido_por

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ou ORGANIZACAO ] e [ COISA ou OBRA ou ACONTECIMENTO ]

     A relação expressa a ideia de realização, que pode ter como agentes executoresouprodutorespessoas ou organizações e pode ter como produto dessa produção tanto coisas como obras intelectuais, como filmes ou acontecimentos, como palestras ou shows ou competições. Com essa relação é possível distinguir, por exemplo, entre organizadores de eventos como o “Paris-Dakar”, e os participantes do evento.

        Exemplos:

    1. ... à disposição dos visitantes da FASCINIO - Feira de Astronomia e CiênciaACONTECIMENTO.. (...) Organizada pelo Núcleo Interactivo de AstronomiaORGANIZACAO

    Núcleo Interactivo de Astronomia PRODUTOR_DE FASCINIO - Feira de Astronomia e Ciência

    2. Novidades na Macworld 2007ACONTECIMENTO

    AppleORGANIZACAO lançou o iPhoneCOISA , o telemóvel mais esperado

    Apple PRODUTOR_DE Macworld 2007

    iPhone PRODUZIDO_POR Apple

    3. a Secção de JornalismoORGANIZACAO , que edita o jornal universitário "A CabraCOISA ",

    Secção de Jornlismo PRODUTOR_DE A Cabra

    4. «Call Girl»OBRA é uma co-produção luso-brasileira da MGN FilmesORGANIZACAO e da Lagoa CulturalORGANIZACAO

    MGN Filmes PRODUTOR_DE Call Girl

    Lagoa Cultural PRODUTOR_DE Call Girl

    proprietario_de / propriedade_de

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ou ORGANIZACAO ] e [ COISA ou ORGANIZACAO ]

     A relação expressa a ideia de posse entre pessoas ou organizações e coisas ou organizações.

        Exemplos:

    1. MultibancoORGANIZACAO é uma marca registada propriedade da empresa SIBSORGANIZACAO

    SIBS PROPRIETARIO_DE Multibanco

    2. Em cidade o PriusCOISA consome apenas (...). A ToyotaORGANIZACAO afirma que , apesar ...

    Toyota PROPRIETARIO_DE Prius

    3. E que pior do que estava não podia ficar GainesPESSOA aproveitou a editora que herdara do pai e lançou os dois títulos no mercado. Nasciam os quadrinhos de terror e a lendária EC ComicsCOISA

    EC Comics PROPRIEDADE DE Gaines

    relacao_familiar       

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e  [ PESSOA]

    A relação expressa laços familiares entre pessoas: filhos, cônjuges, irmãos, primos etc.

        Exemplo:

    Olavo NascentesPESSOA, filho de nosso mestre e saudoso amigo Antenor NascentesPESSOA

    Antenor Nascentes RELACAO_FAMILIAR Olavo Nascentes

    relacao_profissional 

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ]  e [ PESSOA ]

     

    A relação expressa laços profissionais entre pessoas.

        Exemplo:

    Condoleezza RicePESSOA salvar a face e de a ...

    (...) depois de ter minado todo o processo de paz do Médio Oriente ao ordenar a invasão do Iraque de braço dado com BushPESSOA ,

    Bush RELACAO_PROFISSIONAL Condoleezza Rice

    residente_de / residencia_de

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e [ LOCAL]

    A relação vincula uma pessoa ou grupo ao local em que reside, que pode não corresponder ao seu local de nascimento (que, por sua vez, é expresso pela relacao natural_de / local_nascimento_de).

        Exemplos:

    1. O Antonio RicardoPESSOA e mais uma turma da Araribóia Runners, trocou NikitiLOCAL por ...

    Nikiti RESIDENCIA_DE Antonio Ricardo

    2., quando em conjunto, dançam, quase exatamente, o que a nossa Ala dos MalandrinhosPESSOA

          dançava (...) Teria sido aquela minha saudosa rapaziada de Padre MiguelLOCAL a inventora ...

    Padre Miguel RESIDENCIA_DE Ala dos Malandrinhos

    vinculo_inst   

     

    CATEGs envolvidas: [ PESSOA ] e [ ORGANIZACAO ]    

     

    A relação vincula pessoas e organizações, sejam elas governos, universidades ou clubes, por exemplo.

        Exemplo:

    1. Em que ano é que Eugène IonescoPESSOA entrou na Academia FrancesaORGANIZACAO

    Academia Francesa VINCULO_INST Eugène Ionesco

    2. Museóloga e desenhista, Sophia JobimPESSOA lecionava na Escola Nacional de Belas ArtesORGANIZACAO

    Museu Nacional de Belas Artes VINCULO_INST Sophia Jobim

     


    Cláudia Freitas

    Última actualização desta página: 16 de Maio de 2010.